57.

26Mai2009. Tudo o que eu disser sobre este menino é pouco. Não sou capaz de descrever a alegria e o orgulho com que ele me enche os dias. Nem a inteligência e sensibilidade que põe em tudo o que faz. Nem o brilho doce que ilumina os seus olhos escuros. Nem os beijinhos e os abraços que me dá só porque sim. O meu filho é a melhor coisa que eu fiz na vida. O meu desenho mais perfeito. (translate.google.com.br) Everything I could say about this little boy would not be enough. I am not able to describe the joy and pride with which he fills my days. Neither the intelligence and sensibility that he puts into everything he does. Neither the sweet glow that illuminates his dark eyes. Neither the kisses and hugs that he gives me just because. My son is the best thing I did in life. My most perfect drawing.

4 Replies to “57.”

  1. Ainda bem que não és capaz de o descrever, assim, desta maneira.
    Porque eu fico muda ao ler isto 😉

  2. É mesmo assim. Por isso é que eu dou por mim a perguntar ( sempre que há reunião de pais na escolinha ):
    – Acham que já se aperceberam como ele é?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s