61.

Vilamoura. Tinha a caixa de aguarelas guardada há anos no fundo da gaveta até que no Verão de 2005, inspirado pelo blogue e livros do Danny Gregory, decidi que tinha mesmo que lhes dar uso: os desenhos não se fazem sozinhos! Esta foi uma das minhas primeiras aventuras exploratórias ao fabuloso mundo das aguarelas perdidas. Hoje, um dos piores dias do ano, deixo-vos um cheirinho a Verão. (translate.google.com.br) Vilamoura. I  kept the box of watercolors for years in the bottom drawer until the summer of 2005 when, inspired by Danny Gregory‘s blog and  books, I decided I had to give them some use: drawings do not draw themselves! This was one of my first exploratory adventures to the fabulous world of the lost watercolors. Today, one of the worst days of the year, I leave you all a summer breeze.

2 Replies to “61.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s