145.

OS HOLANDESES. Estava no Aeroporto de Lisboa pelos motivos menos óbvios: o meu automóvel avariou no Algarve e tive que regressar a Lisboa num carro de aluguer que deveria entregar ali na Portela até 24h depois. Acabei por tomar o pequeno-almoço num café todo bonito, assistindo confortavelmente ao rebuliço próprio daquele local. Ao meu lado, um casal de holandeses “fazia tempo” – uma das coisas que mais se faz nos aeroportos – e eu, que gosto tanto de viajar, naquele momento não tive saudades nenhumas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s