Perder o pio.


IMG_7901

No Jornal i de hoje saiu um artigo com o seguinte título:

“A geração dos phones já não consegue ouvir o canto dos pássaros” (link)

Não sei se existe uma palavra que signifique o inverso de poesia mas esta frase, para mim, é isso mesmo.

De que vale amar a música se, para a escutarmos em qualquer lado, utilizamos um dispositivo que nos pode retirar a capacidade de escutar o canto dos pássaros?

De que vale a música – e a vida – sem o canto dos pássaros?

238.


lgmtcnht_guardadorderebanhos

“(…) Veio pela encosta de um monte
Tornado outra vez menino,
A correr e a rolar-se pela erva
E a arrancar flores para as deitar fora
E a rir de modo a ouvir-se de longe.
 
Tinha fugido do céu.
Era nosso de mais para fingir
De segunda pessoa da trindade. (…)”
 

Alberto Caeiro, O Guardador de Rebanhos VIII