168.


CAFETARIA. Tinham passado poucas horas apenas e estava ainda a habituar-me à ideia de finalmente ser Pai de uma menina (acho que ainda estou…). Desenhei este casal à conversa na cafetaria enquanto tirava partido da senha que oferecem aos pais nestas novas fábricas de bebés. A brincar a brincar, já lá vai um ano mas o momento era tão marcante que ainda hoje me lembro com pormenor das feições deste senhor.