88.


Parabéns. A minha mulher faz hoje anos e continua uma menina. Será sempre uma menina para mim. A menina crescida que eu conheci na faculdade, com desenhos animados na voz e o incrível dom de fazer os outros rir sempre que quer. Uma menina cujo mundinho mágico e muito pessoal eu tenho o privilégio de partilhar todos os dias. Trazemos o nome um do outro gravado na face de dentro da respectiva aliança e quanto mais o tempo passa, mais eu gosto dela. Já quase morremos juntos de mão dada, já chorámos em desespero como se não houvesse saída, já nos lançámos juntos para o vazio, já nos julgámos perdidos em alto mar,  já nos perdemos de propósito em países esquisitos onde provámos comidas ainda mais esquisitas, já perdemos a noção do tempo no meio de corais e peixes e já tantas vezes nos dobrámos a chorar de tanto rir. Juntos criámos códigos, alfabetos, palavras e até filhos – por isso gosto tanto de chamá-la minha mulher. Está cada vez mais bonita e, para além disto tudo, a minha mulher é a única pessoa no mundo que consegue decifrar todas as mensagens ocultas neste desenho. É por estas e por outras que eu a amo tanto.

46.


23Fev2010. A palavra sempre me pareceu mágica: Cloisonné. Uma jóia. Preciosa por mérito próprio, como todas as palavras francesas. Eu encontrava tesouros de cloisonné espalhados nas prateleiras de casa da minha Mãe e a cada descoberta, um novo fascínio. Aquelas cores intensas. Múltiplas. E sempre o som daquela palavra na minha cabeça: Cluá. Zó. Nêêê! O fascínio permanece até hoje e tem origem numa técnica elaborada que a minha amiga Wikipedia acabou de me ensinar. Aqui está o segredo. (translate.reference.com) The word has always seemed magical to me: Cloisonné. A jewel. Valuable in its own right, like all the French words. I used to found these treasures scattered on the shelves of my Mother’s house and at every discovery, a new fascination. Those intense colors. Multiple. And always the sound of that word in my head: Cloi. So. Nné! The fascination remain until today and has its origin in an elaborate technique that my friend Wikipedia just told me now. Here is the secret.

33.


21Fev2010. Mais um jogo daqueles. Desta vez, a partir de riscos feitos pelo meu filho, eu desenhava Monstros. Ele também desenhou dois, adivinhem quais. (translate.reference.com) Another game with kids. This time, from the traces made by my son, I draw monsters. He also drew two of them, guess what.

31.


01Ago2010 VILAMOURA. O sol, as férias e a ausência de obrigações tornam Agosto no melhor dos meses para desenhar. O deste ano não foi excepção. No meio da página da direita, o resultado de um jogo que eu adoro fazer com as crianças: a partir de um traço ou de uma forma feita por eles, eu desenho qualquer coisa. Desta vez, saiu esta espécie de peixe. (translate.reference.com) The sun, the holidays and the absence of works make August the best month to draw. This year was no exception. In the middle of the right page, the result of a game I love to play with children: from a trace or a form made by them, I draw anything. This time it came out this kind-of fish.