227.


lgmtcnht_salgado

PRAIA DO SALGADO. Fui dos primeiros a chegar, meia hora antes das 9 da manhã. A praia estava deserta, com o fresco da manhã à flor da areia. Jamais esquecerei aquela chegada: depois de quilómetros no meio de hortas verdes e árvores de frutos, uma subida íngreme levou-me ao cimo dum monte suave – uma elevação que bordeja a costa, como a bainha duma saia. Chegado lá acima, o mar inteiro entrou-me pelos olhos. Sereno, muito escuro e silencioso. E eu pensei “é bonito o meu país”. ::: (Esta cabana é este rectângulozinho laranja na praia, próximo do estacionamento)