121.


SÃO PEDRO DO SUL (2/25). A primeira palavra que nos vem à cabeça ao chegar àquele lugar mágico é: água. Nunca a expressão “água é vida” fez tanto sentido. Não só literalmente – a correr mansamente no rio, a brotar a ferver das pedras – como metaforicamente, já que toda a economia da Vila gira há séculos em torno do poder curativo daquelas águas. Assim sendo, no primeiro desenho feito para esta reportagem gráfica, enquanto esperava ser chamado para a consulta obrigatória com um dos Médicos residentes, decidi utilizar umas aguadas… vinha a propósito. Quis o destino – e o descuido – que o conceito fosse levado ainda mais longe ao esborratar tudo já perto do final. Meter água. Não deixa de fazer sentido.